Formatos para Compartilhar Conhecimento: Videoaulas

Um formato muito interessante e efetivo para compartilhar conhecimento, principalmente na etapa de treinamentos, são as videoaulas. Na hora de escolher o formato ideal para aplicar a Gestão do Conhecimento na sua empresa é importante ficar de olho nos benefícios que cada formato irá trazer para o aprendizado da sua equipe.

Confira alguns dos benefícios da videoaula:

Mais acessibilidade

Disponibilizando videoaulas para os seus colaboradores, você irá permitir que eles se desenvolvam dentro e fora da empresa. Como esses materiais estarão em plataformas online, existe a possibilidade de acessá-los em qualquer lugar e horário, permitindo que o funcionário escolha o momento ideal para se dedicar aos aprendizados. Ainda, é possível se conectar às aulas em diversos dispositivos, assim, o colaborador poderá adaptar o tempo destinado a essa tarefa, em sua rotina.

Conteúdo interativo

O formato de videoaulas permite a utilização de diversos recursos que auxiliarão na captação do interesse do colaborador que está buscando se desenvolver, principalmente, àqueles que não estão muito engajados. Esses recursos podem variar desde materiais de apoio, trilhas sonoras, lettering, adição de vídeos complementares, entre outros. Esses ajudarão tanto aquele que está ensinando, como aquele que está aprendendo, pois tornará o processo mais dinâmico e de fácil absorção.

Ganho de tempo

Uma dificuldade encontrada na realização de treinamentos é em relação ao tempo que é investido das pessoas envolvidas. Problemas como a demora no processo de rampeamento de um novo colaborador e o tempo excessivo dado pelo profissional mais experiente no ensino do novato são frequentes.

Com a utilização de videoaulas o colaborador poderá estudar de forma autônoma e ir para o treinamento mais preparado e após começar a trabalhar mais rapidamente, enquanto o colaborador responsável poderá cuprir suas tarefas, apenas auxiliando o novo funcionário em dúvidas pontuais, sendo mais reativo.

De olho nas métricas

Outro benefício presente nessa metodologia de ensino é a disponibilidade de acompanhar o rendimento do aprendiz, bem como, a efetividade das aulas ali dispostas. O gestor saberá se o conteúdo está sendo assertivo, quais módulos poderão ser otimizados, se o colaborador está engajado, entre outras questões relevantes.

Como criar videoaulas?

Antes de começar a desenvolver o roteiro dos vídeos, é importante seguir alguns passos:

# Ter uma plataforma que comporte a criação de videoaulas.

# Elaborar o esboço de uma certificação que contemplará os principais objetivos de aprendizado para cada profissional nas funções em questão.

# Definir os tópicos-chave que serão abordados.

# Organizar os tópicos em uma sequência lógica de aprendizagem.

Na hora de criar os vídeos você deverá escolher se a criação será interna ou se será desenvolvido por alguma empresa contratada. Se você escolher realizar as gravações internamente, seguem algumas dicas:

Elaboração do roteiro

Depois de ter separado os principais tópicos que serão abordados nos vídeos, comece a trabalhar um roteiro para cada um deles. Nesse roteiro você irá colocar todas as informações que deverão estar presentes no vídeo. A maneira que o assunto será abordado deverá ser aquela que o seu público tende a absorver melhor, com uma didática específica para cada grupo de profissionais que irão consumir o material.

Cenário e equipamentos

Por serem aulas internas não há necessidade de preparar um cenário profissional ou comprar equipamentos caros, porém é importante que se tenha qualidade de luz e som. Se não há disponibilidade de investir em equipamentos, aproveite a iluminação natural, gravando durante o dia e em locais que possibilitem a entrada da luz externa. Para a sonorização é fundamental que o ambiente seja silencioso e sem eco.

Materiais de apoio

Quando for gravar as aulas, você pode utilizar materiais de apoio como anotações em um quadro ou flipchart, que servirão para auxiliar quem for ensinar, ajudando a manter a sequência do roteiro previsto. Ainda, serve como base àquele que está aprendendo e possui dificuldade em gravar o conteúdo apenas ouvindo. A utilização desses materiais podem tornar a aula mais atrativa e engajar os espectadores.

Prepare-se para a gravação

No dia que você for gravar cuide para que esse dia seja agradável e que você se sinta bem. Dessa forma, a gravação será mais tranquila, você irá se sentir mais à vontade, e, consequentemente, realizará uma apresentação melhor. Evite se estressar nesse dia, pois você poderá transparecer isso no vídeo, tornando a aula menos engajadora e mais monótona. Ensaie nos dias anteriores e repasse o conteúdo que será abordado para que não se tenha a necessidade do uso de aparelhos como o tele-prompter, o que pode tornar o vídeo mecânico demais e com um baixo nível de autoridade.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *