Construindo um ambiente colaborativo

Uma simples pesquisa no Google sobre “colaboração nas empresas”, nos leva, apenas na versão brasileira da plataforma, a aproximadamente 2 milhões de resultados. Isto indica que o tema é relevante e que existem muitas pessoas em busca de maiores informações de como fazer uma relação entre performance das empresas e um ambiente mais colaborativo.

Empresas que Colaboram são mais Inovadoras?

Um estudo feito pela Nielsen, revelou que as empresas que possuem um ambiente colaborativo, conduzem o seu negócio a um processo de inovação mais eficiente que aquelas que não incentivam este espaço de aprendizagem mútua. Este é um conceito novo, tendo em vista que há não muito tempo atrás, as pessoas eram desincentivadas a conversar e trocar experiências no seu ambiente de trabalho em virtude de uma possível perda de atenção e produtividade.

É claro que um processo de colaboração deve ser implantado de maneira correta, a fim de aproveitar da melhor forma o conhecimento de todos aqueles que estão envolvidos e acrescentar novas soluções ao portfólio da empresa. A utilização de ferramentas de engajamento na equipe e a formação de líderes que monitorem uma colaboração construtiva são imprescindíveis nesse desenvolvimento.

Uma vez iniciado o processo de um ambiente de colaboração, fica muito mais fácil para os colaboradores relatarem os feedbacks e insights diários que têm no desenvolvimento de suas tarefas e empoderar a empresa de informações que a possibilite de tomar as melhores decisões sobre o futuro do negócio e as inovações que poderão ser construídas, em busca de uma posição mais favorável no mercado atuante ou até em novas oportunidades que ainda não haviam sido identificadas.

Como Construir um Ambiente Colaborativo

1) Liderar pelo Exemplo

“ Liderar pelo exemplo não é apenas a melhor forma de liderança, mas também a mais duradoura.” – Gandhi

O líder maior da empresa é o exemplo que todos seguem. As atitudes que este toma influenciam o comportamento de todos os outros. Deve ser o exemplo. Caso ele queira que os outros colaborem com a empresa, ele deve ser o mais prestativo e dedicado a colaborar com os outros.

Dentro da empresa, o proprietário é representado pelos seus gerentes e outros líderes internos. Trabalhe esta questão do exemplo disciplinadamente com estes para que algo não se perca pelo caminho e que a cultura de colaboração atinja todos os níveis do negócio.

2) Promova Relacionamento entre a Equipe

Pessoas devem gostar umas das outras. Atritos são normais, mas a empresa deve sair sempre ganhando. Algumas vezes até são importantes, desde que fundamentados em respeito mútuo e aprendizagem interna, um processo que não deixe margem para sentimentos ruins entre os colaboradores.

É muito mais fácil trabalhar em um local onde as pessoas confiem umas nas outras do que em lugares onde a desconfiança predomina. Importante promover atividades e eventos de interação entre a multisetorialidade presente na corporação. Dessa forma, ideias que antes nunca haviam sido debatidas ou problemas até então não resolvidos podem estar obtendo soluções de profissionais de áreas que antes não se comunicavam.

3) Forme Líderes

Para uma cultura ser duradoura e sustentável é necessário “passar o bastão”. Quando a presença do dono é necessária para que as coisas funcionem, algo deve ser revisto e melhor avaliado, pois significa que a cultura desejada ainda não foi estabelecida. Formar líderes internos é o caminho mais eficiente para descentralizar a organização da cultura na empresa.

Estes profissionais serão os sucessores das áreas do negócio e têm um contato maior com os outros níveis da empresa. Sendo assim, conseguem estar percebendo os pequenos detalhes referentes à perpetuação da cultura do negócio e incentivar insistentemente a parte da colaboração, até que isso também faça parte da rotina de todos.

4) Premie os Destaques

O aspecto mais desengajador de uma equipe é a falta de meritocracia. É uma injustiça muito grande as empresas que não reconhecem e premiam o desempenho dos seus talentos, o que provoca uma intensa queda de rendimento individual e posterior perda de eficiência empresarial.

Implantar metodologias que possibilitem o acompanhamento do desempenho individual dos colaboradores é a maneira mais eficiente de reter talentos e fazer com que estes alcancem a sua produtividade máxima. Outro efeito colateral é, ainda, a “pressão” que é colocada nos outros que estão muito abaixo do rendimento dos seus colegas. Isso fará com que todos acabem se engajando na causa da empresa e, aqueles que não tenham tal ritmo, abram espaço para outros que estejam sedentos por uma oportunidade de mostrar o seu potencial.

Na linha da colaboração, importante identificar aqueles que, além de serem mais eficientes, contribuem com o aprendizado dos colegas. Isso mostra um interesse pela empresa superior ao egoísmo de conhecimento tão conhecido nas corporações que existiram até então.

5) Reposicione ou Remova as “ovelhas negras”

Toda empresa possui “ovelhas negras”. É importante dar algumas oportunidades para estes profissionais mudarem o seu estilo de trabalho para a colaboração e contribuírem para que a empresa que trabalham obtenha melhores resultados. Reposicione-o na empresa em uma outra área, por exemplo.

Se a empresa obtém uma maior eficiência, o colaborador acaba tendo o seu trabalho mais valorizado. É uma conta que este perfil de profissional acaba não fazendo e pode contaminar outros colegas que tenham um perfil mais colaborativo.

Sendo assim, caso este não se adeque e não aproveite as chances dadas, é melhor excluí-lo do que deixar que ele induza outros a acabarem com a cultura de colaboração que está tentando se desenvolver.

 

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] perfil deverá ser proativo e agregador, com formação e/ou aptidão para a Gestão de Pessoas. Além disso, será necessária uma certa autoridade/carisma entre a equipe para que todos […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *